Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

quarta-feira, 20 de março de 2013

ALMA, SEGUNDO PLATÃO


ALMA

Literalmente, o termo grego psiché, traduzido para o latim como anima, significa vento, sopro vital. Indica o principio que dá  a vida e está presente em todo ser vivo ( não somente no homem, portanto, mas também nos anima), do qual se separa somente no momento da morte. Platão  define a alma como aquilo que tem condições de se mover por si só: incorpórea, imaterial, imortal. Mesmo sendo interior em três partes: a racional está localizada no cérebro; a irascível (impeto), no peito, e a concupiscível ( apetite), no ventre.
Esse estreito vínculo com o corpo, que se renova a cada ciclo vital segundo o princípio da metempsicose, impede que a alma realize plenamente a própria natureza espiritual. É o motivo pelo qual o filósofo deseja morrer, ou seja, separar-se da prisão corpórea.

Fonte de pesquisa: Ubaldo Nicola,Antologia Ilustrada De Filosofia.