Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

domingo, 29 de junho de 2014

AMOR VIRTUAL OU FANTASIA ?










O sentimento amoroso que se nutre por alguém a quem se conhece apenas pela via virtual é igual ao "amor em fantasia" usual nos adolescentes?
Penso que os relacionamentos amorosos que se estabelecem na internet são bem próximos dos que acontecem na realidade: não acho que seja ilusão.
O "amor em fantasia", frequente nos adolescentes, é unilateral: um jovem se apaixona por alguém que sequer fica sabendo de seus sentimentos!
A impressão que tenho é que os jovens têm muito medo do envolvimento amoroso, pois ele implica ameaça à individualidade que está em formação.
Ao mesmo tempo em que anseiam por um elo afetivo, prezam as recentes conquistas na direção da independência: e, na prática, é ela que prevalece.
Uma solução sutil acaba sendo encontrada: o amor é vivenciado em fantasia enquanto que a individualidade trata de se consolidar na realidade.

O que mais se assemelha ao "amor em fantasia" próprio da adolescência é o vínculo real entre uma pessoa que ama e outra que só se deixa amar,
Gykovate