Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

RAZÃO, EMOÇÃO E MEMÓRIA






Razão, emoção, memória.

           
Os erros e as dúvidas da inteligência desaparecem mais depressa, sem deixar rasto, que os erros do coração; desaparecem não tanto em consequência de discussões e polêmicas como graças à lógica iniludível dos acontecimentos da vida viva, que às vezes trazem consigo o verdadeiro escape e mostram o caminho adequado, senão logo, na primeira altura, num prazo relativamente breve, em certas ocasiões, sem haver necessidade de se esperar pela geração seguinte. Com os erros do coração o mesmo não sucede. O erro do coração é maior de idade monta; significa que o espírito frequentemente, o espírito de toda a nação, está doente, sofre de qualquer contágio e não poucas vezes essa enfermidade, esse contato, implica tal grau de cegueira, que toda a nação se torna incurável... Por mais tentativas que se façam para salvá-la.


Dostoievski